UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/11/2009 - 11h54

Piratas liberam navio espanhol

MADRI, Espanha, 17 Nov 2009 (AFP) - O chefe de Governo da Espanha, José Luis Rodríguez Zapatero, anunciou nesta terça-feira que o atuneiro "Alakrana" e seus 36 tripulantes, sequestrados por piratas somalis no dia 2 de outubro, "navega livremente para águas mais seguras".

"Permitam-me que confirme que o pesqueiro 'Alakrana' navega livremente para águas mais seguras", declarou Zapatero, em uma entrevista coletiva.

"Todos os membros da tripulação se encontram sãos e salvos", completou.

O primeiro-ministro espanhol afirmou que a libertação encerra um longo processo de 47 dias desde que o atuneiro foi sequestrado em águas somalis em 2 de outubro.

Zapatero confirmou desta maneira a libertação do navio e de seus tripulantes, que um porta-voz dos piratas havia antecipado à AFP, após o pagamento de resgate.

"Pagaram quatro milhões (de dólares) pela liberação do navio espanhol e estamos a ponto de deixá-lo em liberdade", declarou por telefone à AFP Said Abdulleh, da cidade costeira de Harardhere.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host