UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/11/2009 - 15h33

Gigante italiano dos chocolates Ferrero quer comprar britânica Cadbury

MILÃO, Itália, 18 Nov 2009 (AFP) - O gigante italiano dos chocolates Ferrero, que possui as marcas Nutella e Kinder, manifestou nesta quarta-feira interesse em comprar a britânica Cadbury, dando um giro de 180º na estratégia desta empresa que sempre esteve à margem das aquisições.

Ao reagir a informações da imprensa segundo as quais sua intenção de fazer uma oferta conjunta com o grupo americano Hershey, a Ferrero destacou que estava na etapa preliminar de uma avaliação de suas opções com relação a Cadbury.

O grupo britânico já rejeitou uma oferta hostil do gigante americano Kraft Foods no valor de 11 bilhões de euros (16,5 bilhões de dólares).

"Não é certo que haja, na sequência, uma proposta pela Cadbury", destacou o grupo italiano.

Por sua vez, a Hershey confirmou seu interesse, mas nenhuma das duas companhias faz referência a outra em seus comunicados.

A saga Ferrero começou nos anos 40 na região de Piemonte (norte da Itália), quando Pietro Ferrero, teve a ideia de utilizar avelãs em vez de cacau, que estava muito caro, na preparação do creme de chocolate, conhecido mundialmente hoje pela marca "Nutella".

Ferrero Rocher, Kinder, Tic-Tac: o grupo conheceu uma expansão e abriu fábricas no estrangeiro sob a batuta do filho de Pietro, Michele, que assumiu o comando da Ferrero em 1957.

Mas a empresa nunca entrou na Bolsa de Milão e se manteve como um grupo familiar.

Atualmente, é um gigante do setor, com um faturamento de 6,2 bilhões de euros (quase 9,2 bilhões de dólares) no exercício 2007-2008 e 14 fábricas no mundo com mais de 21.600 funcionários.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host