UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/11/2009 - 10h33

Clube de Paris e Brasil anulam toda a dívida da RDC

PARIS, 18 Nov 2010 (AFP) -Os credores públicos do Clube de Paris e o Brasil decidiram anular a totalidade da dívida que a República Democrática do Congo (RDC) tinha com eles, o equivalente a 7,35 bilhões de dólares, informa um comunicado da instituição que reúne 19 países desenvolvidos.

A decisão foi anunciada após uma reunião na quarta-feira entre o Clube de Paris e o Brasil com representantes do governo da RDC, país que celebra 50 anos de independência. A medida é parte da chamada iniciativa reforçada a favor dos países pobres muito endividados (iniciativa PPTE reforçada).

O princípio do acordo foi alcançado em julho, com o qual a RDC, devastada por anos de guerra, passou a aspirar a redução da dívida externa pública, que no fim de 2009 chegava a 13,7 bilhões de dólares, segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI) e a Associação Internacional para o Desenvolvimento (AID).

A iniciativa PPTE, lançada em 1996 pelo Banco Mundial e o FMI, tem por objetivo criar um marco para que todos os credores possam oferecer um alívio à dívida dos países mais pobres e mais endividados do mundo. Os recursos assim obtidos pelos países beneficiários devem ser destinados à redução da pobreza.

O Clube de Paris tem entre seus membros, Estados Unidos, Rússia, Japão e mais de 10 países europeus.
Hospedagem: UOL Host