UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/11/2009 - 21h01

Estudo americano revela que pipoca de cinema é filme de terror para saúde

LOS ANGELES, EUA, 19 Nov 2009 (AFP) - Esqueça Freddy Krueger e os zumbis comedores de gente: o vilão mais horripilante de uma noite no cinema pode estar escondido em um inocente saco de pipocas, de acordo com um novo estudo americano divulgado nesta quinta-feira.

Análises nutricionais de porções de pipoca servidas em alguns dos maiores e mais populares cinemas dos Estados Unidos encontrou quantidades assustadoras de calorias, que certamente darão um susto nos consumidores que veem o lanche como relativamente saudável.

O Center for Science in the Public Interest (CSPI), instituto sem fins lucrativos, comparou algumas porções de pipoca e bebida oferecidas nos cinemas ao consumo de três sanduíches 'Quarteirão' da rede de fast-food Mc Donald's, acrescidos de 12 camadas de manteiga.

Em um comunicado, o CSPI explica que o 'combo' de pipoca média com refrigerante vendido na Regal, maior cadeia de cinemas dos Estados Unidos, contém absurdas 1.610 calorias e cerca de 60 gramas de gordura saturada.

Nos cinemas da rede AMC, a segunda maior, uma pipoca grande contém 1.030 calorias e 57 gramas de gordura saturada - quantidade semelhante à encontrada em pouco menos de meio quilo de costeleta coberta de sorvete, segundo comparação do CSPI.

O grupo de pesquisas indica que a análise da pipoca vendida nos cinemas Regal e AMC revelou uma quantidade de calorias maior do que a estimada pelas próprias empresas.

"Regal e AMC são nossos indicados ao prêmio de Melhor Ator Coadjuvante da Obesidade Epidêmica", brincou Jayne Hurley, nutricionista chefe do CSPI.

"Quem espera cerca de 1.500 calorias e o equivalente a três dias de gordura capaz de fazer um coração parar em um combo de pipoca e refrigerante? Esta é a quantidade de gordura saturada encontrada em um pacote de manteiga e as calorias de dois pacotes de manteiga", destacou.

"Você pode achar que está comprando Bambi, mas na verdade está levando Godzilla", acrescentou a nutricionista.

O estudo aponta que a causa de quantidades tão altas de gordura e calorias se deve ao fato de o milho de pipoca ser estourado em óleo de coco.

Segundo o CSPI, quando a pipoca é feita com óleos mais saudáveis, como canola ou girassol, apresenta quantidade menor de calorias - mas níveis mais altos de sódio, por outro lado.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host