UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/11/2009 - 23h37

Japão: emprego sobe e preços caem

TÓQUIO, Japão, 27 Nov 2009 (AFP) - O índice de desemprego no Japão caiu a 5,1% em outubro, contra 5,3% em setembro, enquanto os preços ao consumidor cederam 2,2% em relação ao mesmo período de 2008, informou nesta sexta-feira o ministério do Interior.

Estes dados contradizem, mais uma vez, os economistas, que previam um índice de desemprego de 5,4% em outubro, segundo pesquisa do grupo de imprensa Nikkei.

Após uma onda de demissões nas empresas japonesas devido à crise mundial, o índice de desemprego no Japão atingiu em julho o recorde histórico de 5,7%.

Graças ao dinamismo da China e às exportações, a segunda economia do planeta mostra sinais de recuperação, após atravessar a pior recessão dos últimos 50 anos.

A queda dos preços ao consumidor, de 2,2% em outubro, envolveu uma ampla gama de produtos, incluindo gás, eletricidade, água, transportes, comunicações, lazer, móveis e eletrodomésticos.

Excluindo alimentação e energia, os preços ao consumidor caíram 1,1% em relação a outubro de 2008, segundo o ministério.

O consumo das famílias subiu em outubro 1,6% em termos reais sobre o mesmo período do ano passado, na terceira alta consecutiva deste indicador.

A atual deflação no Japão - que já afetou o país em 1998 e 2006 - é um fenômeno que prejudica as perspectivas de lucro das empresas, reduz os investimentos e impede a elevação dos salários.

A maior parte dos economistas prevê que esta deflação persistirá nos próximos meses.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host