UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

30/11/2009 - 13h19

"Está chegando a hora da verdade" para Doha, diz Lamy

GENEBRA, Suíça, 30 Nov 2009 (AFP) - O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Pascal Lamy, pediu aos países membros da entidade que transformem rapidamente suas palavras em atos se quiserem concluir a Rodada de Doha em 2010, como prometeram.

"A hora da verdade, ou seja, a hora em que vocês terão de decidir se a Rodada de Doha poderá ser concluída em 2010, está cada vez mais próxima", avisou Lamy, ao abrir a sétima conferência ministerial da OMC.

"Quase todos os dirigentes políticos afirmaram seu desejo de concluir a Rodada de Doha em 2010, mas não basta apenas afirmá-lo. O que se deve fazer agora é agir, agir de maneira concreta e prática para eliminar as últimas divergências", ressaltou, insistindo em que "o tempo é curto".

Segundo o diretor da OMC, as negociações permitiram até agora chegar a um acordo sobre 80% das questões discutidas na Rodada de Doha, lançada na capital de Qatar em 2001. Para ele, os 20% restantes dependem exclusivamente da boa vontade dos 153 países membros da OMC.

As negociações estão paralisadas há vários meses, na expectativa de uma posição mais clara dos Estados Unidos.

Uma centena de países em desenvolvimento pediram a Washington que se posicione com mais firmeza nas negociações.

Com a crise econômica, a conclusão da Rodada de Doha ficou ainda mais importante, argumentaram estes países domingo.

"O sistema comercial multilateral foi testado como nunca tinha sido antes. Mas continuou de pé, e demonstrou seu valor. A OMC também pode ser um elemento importante para sair da crise", finalizou Lamy.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host