UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/01/2010 - 19h12

Petróleo fecha em leve baixa em Nova York

NOVA YORK, EUA, 11 Jan 2010 (AFP) - Depois de uma forte arrancada alimentada pelos indicadores chineses, os preços do petróleo fecharam em leve baixa nesta segunda-feira em Nova York.

No New York Mercantile Exchange (Nymex), le baril de 'light sweet' para entrega em fevereiro perdeu 23 centavos em relação ao fechamento de sexta-feira, encerrando a 82,52 dólares.

O mercado começou eufórico graças aos bons indicadores da China.

"As importações de petróleo chinesas subiram a um nível recorde de 5 milhões de barris por dia em dezembro", o que representa um aumento de 48% em um ano, comentou Amrita Sen, do Barclays Capital, para quem "a demanda de petróleo chinesa vai continuar crescendo e se firmando como o principal motor" do crescimento do consumo mundial de ouro negro em 2010.

No InterContinentalExchange de Londres, o barril do Brent do mar do Norte para entrega em fevereiro perdeu 40 centavos, tendo sido negociado a 80,97 dólares.

A China se tornou o maior mercado de automóveis do mundo, "o que se traduz por uma demanda constante de produtos petrolíferos", destacou Andy Lipow, da Lipow Oil Associates.

O barril subiu para 83,95 dólares em Nova York, seu nível mais alto desde o dia 9 de outubro de 2008, antes de desabar.

"As pessoas venderam em alta para lucrar", explicou Jason Schenker, da Prestige Economics.

"Eles esquecem que há um mês os preços estavam abaixo dos 70 dólares. Eles só voltaram a subir depois de importantes reduções consecutivas dos estoques de petróleo nos Estados Unidos, mas o contexto econômico não mudou", acrescentou o analista.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host