UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

14/01/2010 - 18h37

Morre o fotógrafo americano Dennis Stock, da agência Magnum

O fotógrafo norte-americano Dennis Stock, conhecido principalmente por suas fotos de estrelas de Hollywood e de músicos de jazz, morreu na segunda-feira à noite aos 81 anos, anunciou nesta quinta-feira a agência Magnum, para a qual trabalhava há cerca de cinquenta anos.

"É com uma grande tristeza que informamos sobre a morte de Dennis Stock", indica a famosa agência de fotografias, sem indicar as causas e o local de sua morte.

Sua série de fotos de James Dean, em 1955, logo antes de sua morte acidental, é particularmente célebre: a imagem do ator caminhando sob a chuva, com a gola de seu casaco erguida, as mãos nos bolsos e o cigarro no canto da boca, na Times Square (Nova York), ocupou um espaço nas paredes dos quartos de gerações de adolescentes.

Suas fotos sobre o mundo do jazz, que captavam com maestria o ambiente esfumaçado dos clubes e a solidão dos músicos, e, principalmente, da Nova Orleans dos anos 1950, de Sidney Bechet, Louis Armstrong e Miles Davis, também ficarão na memória. Ele reuniu algumas das mais belas em seu livro "Jazz street".

No final dos anos 1960, ele se apaixonou pelos movimentos de contestação, antes de se interessar pelas cores e pela natureza.

Ele publicou ao todo 27 livros, e suas fotografias foram exibidas em vários museus internacionais, como o Internation Center of Photography, de Nova York, ou o Museu de Arte da Cidade de Paris.

Nascido em Nova York em 1928, Dennis Stock deixou sua casa aos 17 anos para se alistar na Marinha. Após um estágio na revista Life, ele entrou para a Magnum em 1951.

Sobre seu trabalho de fotógrafo, Dennis Stock dizia: "Tive o privilégio de ver grande parte de minha vida através de minha objectiva, fazendo dessa viagem uma experiência esclarecedora", segundo o comunicado da Magnum.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host