UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

14/01/2010 - 08h53

Pirataria marítima atinge maior nível em 2009

O número de atos de pirataria marítima chegou a seu maior nível em seis anos em 2009, com ataques mais violentos, especialmente nas costas da Somália, segundo o Escritório Marítimo Internacional (BMI) com sede em Kuala Lumpur.

No total, 406 casos de pirataria e roubos a mão armada no mar foram registrados no an o passado, 39% a mais em relação aos 293 de 2008, afirmou o BMI em seu informe anual.

Esta cifra é, no entanto, inferior aos 445 ocorridos em 2003.

Em 2009, 49 barcos foram sequestrados por piratas e 120 alcançados por disparos. Houve 84 tentativas de ataques.

No total, 1.052 tripulantes foram sequestrados, dos quais 68 ficaram feridos e oito morreram.

Mais da metade dos casos - 217 - são atribuídos a piratas somalis, contra 11 no ano anterior.

Os demais atos de pirataria foram registrados nas costas da Nigéria (28), da América Latina (37), de Bangladesh ou no sudeste asiático.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host