UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/01/2010 - 12h09

Tesouro britânico não aplicará imposto a bancos como EUA

O ministro britânico das Finanças, Alistair Darling, descartou neste sábado a possibilidade de copiar o projeto americano de imposto sobre os bancos para recuperar os recursos públicos utilizados no plano de estabilização do sistema financeiro.

"Não, não vamos fazer isto", respondeu o ministro a uma pergunta do jornal The Scotsman sobre se iria copiar o projeto anunciado pelo presidente americano Barack Obama.

O imposto americano, que ainda precisa da aprovação do Congresso, tem como alvo os estabelecimentos financeiros com ativos que superam 50 bilhões de dólares, o que representa 50 empresas.

O imposto pretende recuperar 117 bilhões de dólares, valor que corresponde ao máximo das perdas previstas pelo Tesouro no plano de resgate do sistema financeiro.

O Reino Unido também organizou um grande plano para socorrer os bancos, que custou bilhões de euros.

Mas em contrapartida, a Grã-Bretanha tomou participações nas instituições resgatadas: o governo tem 43% do Lloyds Banking Group e 70% do banco RBS (o que deve aumentar a 84%).

Com a venda das ações no momento apropriado, o governo britânico poderá recuperar o que investiu, garantiu Darling.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host