UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/01/2010 - 12h30

Cadbury aceita oferta de compra da Kraft por US$ 18,9 bilhões

O fabricante de doces britânico Cadbury aceitou nesta terça-feira uma oferta de compra apresentada pela gigante americana Kraft Foods por 18,9 millones de dólares, com a perspectiva de que o novo grupo se torne líder do setor nos países emergentes.

A Kraft, que fez o anúncio, também propôs o pagamento de 10 pence por ação. Sua oferta é composta por 500 pence em moeda e de 0,1874 ações da Kraft por ação da Cadbury.

Os acionistas da Cadbury têm até 2 de fevereiro para aceitar esta proposta, que avaliou o grupo britânico em 11,5 bilhões de libras (13,1 bilhões de euros, 18,9 bilhões de dólares).

Em seu comunicado, a Kraft estimou que esta aliança "criará um líder mundial do setor alimentício e de doces", com um portfólio de mais de 40 marcas de doces, cada uma delas com um volume de negócios superior a 100 milhões de dólares.

Além disso, a companhia destacou "a grande complementariedade geográfica" dos dois grupos, apontando que terão posicionamento de mercado dominante em grandes mercados emergentes como Brasil, México, China, Índia e Rússia.

A Kraft garantiu à Cadbury a manutenção de seus atuais compromissos sociais, incluindo as pensões de aposentadoria, para todos os funcionários.

A presidente da Kraft, Irene Rosenfeld, reforçou em um comunicado "o grande respeito (de seu grupo) pelas marcas da Cadbury", indicando que a oferta "transformará a carteira da Kraft, acelerará o crescimento a longo prazo e aportará retornos de investimento interessantes, preservando ao mesmo tempo a disciplina financeira".

Roger Carr, presidente da Cadbury, que se opôs à oferta inicial da gigante americana por considerar o valor baixo demais, estimou que esta nova proposta representa "um bom valor para os acionistas da Cadbury".

"Estamos satisfeitos com os compromissos adquiridos pela Kraft Foods em relação a nossa herança (em breve a Cadbury completará 200 anos de existência), nossos valores e nossos funcionários em todo o mundo", acrescentou.

Carr explicou que a Cadbury trabalhará com a direção da Kraft Foods para "assegurar a continuidade do êxito e do crescimento da empresa em benefício dos clientes, dos consumidores e dos funcionários".

Outros grupos haviam manifestado interesse em adquirir o tradicional fabricante britânico, entre eles a gigante italiana de chocolates Ferrero, que possui as marcas Nutella e Kinder, e a americana do mesmo setor Hershey.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host