UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

29/01/2010 - 12h51

Obama vai anunciar isenções fiscais para incentivar novas contratações

O presidente Barack Obama vai anunciar nesta sexta-feira novas isenções fiscais para incentivar contratações nas pequenas empresas, dois dias depois de fazer da criação de empregos uma prioridade de seu governo.

Segundo o programa oficial, Obama irá a Baltimore (Maryland, leste), onde anunciará um crédito de impostos destinado às empresas de um total de 5.000 dólares por contratação em 2010.


Este crédito terá um limite de 500.000 dólares por empresa e se destina prioritariamente às pequenas empresas, segundo a Casa Branca.

Obama prevê também anunciar incentivos fiscais para as pequenas empresas que aumentarem salários e horas de trabalho de seus empregados.

Dentro de priorização da criação de empregos, na véspera, Obama anunciou a construção da primeira rede ferroviária de alta velocidade nos Estados Unidos, com um investimento inicial de 8 bilhões de dólares, que inclui trens bala para a Flórida e Califórnia.

Em visita à cidade de Tampa, na Flórida, Obama anunciou que destinará aos estados recursos do pacote de estímulo econômico para a construção do primeiro serviço nacional de trens de alta velocidade nos Estados Unidos.

O plano anunciado prevê um trajeto nacional com treze linhas férreas.

Obama disse que o plano ferroviário dará trabalho a muitos norte-americanos e será um dos passos que o governo adotará para combater o desemprego, "construindo a infraestrutura do futuro".

O corredor da Flórida, onde se destina inicialmente 1,25 bilhão de dólares, unirá as cidades de Tampa e Orlando, com velocidades que alcançarão os 270 km por hora, e se estenderá em uma segunda etapa até Miami.

Na Califórnia, um trem bala com velocidades de até 350 km/h conectará Los Angeles e San Francisco, e tem 2,25 bilhões de dólares disponibilizados, falou o governo norte-americano.

O governo afirma que o plano ferroviário gerará dezenas de milhares de novos empregos em todo o país apenas na preparação dos terrenos, colocação de trilhos e construção de estações.

Outras linhas serão construídas unindo as cidades de Chicago com St. Louis e Kansas City, no centro do país; Madison e Milwaukee com Chicago, no centro-norte; Charlotte e Raleigh com Richmond Virginia e Washington DC, no leste americano.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host