UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/02/2010 - 11h28

Bruxelas pedirá medidas adicionais à Grécia para correção de déficit

A Comissão Europeia anunciou nesta segunda-feira que exigirá da Grécia medidas adicionais para combater a explosão de sua dívida e déficit públicos, devido aos "riscos" de seu plano de reformas financeiras.

Os objetivos do programa de estabilidade grego, projetado para reequilibrar as finanças do país, são "ambiciosos" e "realizáveis", mas "vemos que há riscos que pesam sobre sua aplicação", indicou uma porta-voz da Comissão Europeia.

"Na recomendação que a Comissão adotará, criamos um processo de vigilância" sobre a execução do plano grego, que inclui a "necessidade de adotar medidas adicionais" caso os "riscos se materializem", declarou a porta-voz.

Bruxelas publicará na próxima quarta-feira sua avaliação das reformas que Atenas promete introduzir para cumprir sua promessa de reduzir o déficit público de 8,7% do Producto Interno Bruto (PIB) previsto para 2010 para menos de 3% em 2012, o teto estabelecido para os países membros da União Europeia (UE).

As finanças públicas gregas atravessam a pior crise dos últimos 30 anos. Estima-se que a dívida alcançou 113% do PIB em 2009, enquanto o déficit teria chegado a 12,7%.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host