UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/02/2010 - 12h15

Shell e Cosan se unem para criar empresa de biocombustíveis

A gigante do petróleo Royal Dutch Shell anunciou nesta segunda-feira a assinatura de um memorando de entendimento com a empresa brasileira Cosan, líder da indústria de biocombustíveis, para criar uma empresa conjunta avaliada em 12 bilhões de dólares.

Esta 'joint venture' se dedicará à produção de etanol, açúcar e energia elétrica, além da oferta, distribuição e transporte de combustíveis no Brasil, segundo a Shell.

"As duas companhias contribuiriam para esta empresa conjunta com ativos existentes no Brasil. Além disso, a Shell deve aportar um total de 1,625 bilhão de dólares em dinheiro, pagáveis em dois anos", afirma um comunicado oficial.

Um diretor da Shell, Mark Williams, afirmou que o anúncio "demonstra a contínua importância do Brasil para a Shell".

"Desejamos nos unir a esta companhia líder no Brasil para responder à necessidade dos clientes de combustíveis varejistas e atacadista neste crescente mercado", declarou.

O presidente do conselho de administração da Cosan, Rubens Ometto Silveira Mello, explicou que a ambição da empresa é "se tornar um líder mundial en energias limpas e renováveis".

O Brasil é, atrás dos Estados Unidos, o segundo maior produtor do mundo de etanol, uma alternativa mais barata à gasolina, que pode ser utilizado como combustível em automóveis.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host