UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

09/02/2010 - 20h08

Wall Street fecha em alta com especulações sobre ajuda da UE à Grécia

A Bolsa de Nova York se recuperou nesta terça-feira, com o mercado especulando sobre uma intervenção da União Europeia (UE) para ajudar a Grécia a enfrentar sua gigantesca dívida pública: o Dow Jones ganhou 1,52% e o Nasdaq 1,17%.

Segundo os números definitivos de fechamento, o Dow Jones Industrial Average, que fechou abaixo dos 10.000 pontos na segunda-feira pela primeira vez desde novembro, ganhou 150,25 pontos, fechando a 10.058,64 pontos, e o Nasdaq cresceu 24,82 pontos, a 2.150,87 unidades.

O índice ampliado Standard & Poor's 500 ganhou 1,30% (13,78 pontos), fechando com 1.070,52 pontos.

De acordo com Andrew Fitzpatrick, da Hinsdale Associates, o mercado foi tranquilizado sobre as dificuldades orçamentárias dos países do sul da Europa, e principalmente da Grécia. "Há rumores de que a Grécia receberá apoio para enfrentar a dívida", comentou.

Os índices de Wall Street dispararam quando o Financial Times Deutschland afirmou que o ministério alemão das Finanças estava preparando um plano de ajuda à Grécia. No entanto, fontes oficiais desmentiram a informação.

Os dirigentes dos 27 países da UE se reúnem quinta-feira em Bruxelas para preparar uma cúpula sobre a crise. O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, em visita na Austrália, vai antecipar sua volta para assistir à reunião, o que alimentou os rumores de uma intervenção do BCE em favor de Atenas.

O mercado das obrigações caiu. O rendimento do bônus do Tesouro de 10 anos subiu para 3,633% contra 3,592% segunda-feira, e o de 30 anos para 4,568%, contra 4,522% na véspera.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host