UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/02/2010 - 11h10

Telefónica registra lucro 2,4% maior em 2009, impulsionado pela América Latina

A Telefónica, líder espanhola em telecomunicações, anunciou nesta sexta-feira que registrou em 2009 um aumento do seu lucro líquido de 2,4% em relação a 2008, estimulado, principalmente, pela América Latina, embora o faturamento e o resultado operacional da empresa tenham retrocedido.

Em 2009, a Telefónica obteve um lucro líquido de 7,776 bilhões de euros (10,575 bilhões de dólares), ou seja, um aumento de 2,4% em relação a 2008.

O volume de negócios caiu 2,1% em 2009 (56,730 bilhões de euros), enquanto que o resultado operacional do grupo antes da amortização (Oibda) recuou 1,4% (22,603 bilhões de euros).

"Apesar das dificuldades decorrentes de um ambiente econômico adverso, a Telefónica apresentou hoje resultados sólidos", assegurou a empresa, que confirmou que a "América Latina continua sendo o motor de crescimento do grupo".

Os lucros da Telefónica são divididos em 40,5% da Telefónica América Latina (1,8 ponto a mais do que em 2008), 34,7% da Telefónica Espanha e 23,9% da Telefónica Europa.

A empresa destacou que "no segundo semestre do ano o lucro líquido obtido na América Latina foi multiplicado por 3,3 em relação ao alcançado em janeiro-junho de 2009", graças aos acessos a linhas de telefones celulares em Brasil, México e Argentina, entre outros.

A companhia ressaltou "a notável evolução dos lucros da Telefónica América Latina", onde atua em Brasil, México, Argentina, Chile, Venezuela, Colômbia, Equador, Peru e América Central, e "que adicionaram 2,7 pontos percentuais ao crescimento" em 2009.

A Telefónica soma atualmente 265 milhões de acessos em todo o mundo, com um aumento de 5,1% em relação ao ano anterior.

Durante o ano de 2009 "os principais impulsionadores dos lucros líquidos em telefonia móvel são Brasil (6,8 milhões de acessos), México (2,1 milhões), Alemanha (1,5 milhão), Argentina (1,1 milhão) e Reino Unido (1 milhão)", indicou a companhia.

E "no quarto trimestre do exercício, aqueles que mais contribuíram para o lucro líquido foram Brasil (2,9 milhões), México (0,9 milhão), Argentina (0,5 milhão) e Alemanha (0,6 milhão)".

A Telefónica destacou que conseguiu esses resultados de 2009 graças à "elevada diversificação das operações -tanto por regiões geográficas como por negócios-", à "liderança competitiva nos principais mercados e a uma comprovada capacidade de execução".

Para 2010, a empresa anunciou que espera que seus lucros aumentem entre 1% e 4%.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host