UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

22/03/2010 - 17h11

Petróleo fecha acima dos 81 dólares em Nova York e dos 80 em Londres

Os preços do petróleo superaram um início de sessão difícil e fecharam acima dos 80 dólares em Londres e dos 81 em Nova York nesta segunda-feira, em um mercado que evolui para uma maior tomada de riscos.

No New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril do West Texas Intermediate (designação do "light sweet crude" negociado nos EUA) para entrega em abril terminou a 81,25 dólares em seu último dia de cotação, em alta de 57 centavos em relação à sexta-feira.

No InterContinentalExchange de Londres, o barril do Brent do Mar do Norte com igual vencimento ganhou 66 centavos, fechando a 80,54 dólares.

"O apetite pelo risco aumentou" no decorrer da sessão, constatou Bart Melek, da BMO Capital Markets.

O dólar, que se fortaleceu na abertura do mercado nova-iorquino, finalmente retrocedeu, principalmente ante o euro, após a moeda europeia tocar seu piso em três semanas.

"Não é um movimento particularmente espetacular", afirmou Bart Melek, mas que demonstra a mudança de opinião do mercado.

O maior otimismo se traduziu na alta dos índices da bolsa de Nova York. O barril de WTI superou assim os 81 dólares, após abrir abaixo dos 79 dólares.

No início, os preços do cru foram afetados pelo fortalecimento do dólar e pelos temores pelo aumento das taxas, decidido na sexta-feira pela Índia.

"A perspectiva de que se produzissem altas adicionais no mundo tem um impacto negativo sobre os contratos de petróleo", observou Joseph Hargett, da Schaeffer´s Investment Research.

O anúncio proveniente da Índia "envia o sinal de que a inflação na Ásia pode ser muito elevada e que a China pode seguir" pelo mesmo caminho, afirmou Phil Flynnde, da PFG Best Research.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host