UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

31/03/2010 - 17h30

Petróleo a quase US$ 84 aproxima-se de seu pico em 18 meses

O preço do barril de petróleo aproximou-se de seu nível mais alto em um ano e meio nesta quarta-feira em Nova York, estimulado pelo enfraquecimento do dólar apesar do anúncio do aumento das reservas de petróleo americanas.

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril de "light sweet crude" para entrega em maio fechou em 83,76 dólares, em alta de 1,39 dólar em relação a terça-feira.

O combustível tinha subido durante o dia para 83,85 dólares, chegando perto do nível mais alto do ano (83,95 dólares), alcançado em janeiro, que foi o pico desde outubro de 2008.

"O dólar enfraqueceu um pouco, e frequentemente há uma relação inversa" entre a evolução da moeda e dos preços do petróleo, explicou Bart Melex, da BMO Capital Markets.

O dólar mais fraco torna o petróleo mais atraente para os compradores munidos de outras moedas.

Segundo Melek, o mercado de petróleo também foi afetado pelos comentários feitos durante o Fórum Mundial de Energia, que reuniu países produtores e consumidores na terça e quarta-feira em Cancún, no México.

"Prevemos um bom crescimento econômico, e uma boa demanda de petróleo", disse o analista.

Os preços tinham caído brevemente depois da divulgação das estatísticas semanais do Departamento de Energia sobre as reservas de petróleo dos Estados Unidos. As reservas tiveram nova alta, mais forte que o previsto, e um aumento inesperado da gasolina.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host