UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

08/04/2010 - 13h13

EUA: diplomata do Qatar detido em avião é liberado

O diplomata do Qatar, Mohammed al-Modadi, detido nesta quarta-feira num avião americano por suspeita de tentar acionar um explosivo durante o voo, está sendo liberado nesta quinta-feira e não serão apresentadas acusações contra ele, devido à imunidade diplomática de que goza, assegurou à AFP uma fonte policial.

"Deverá ser entregue às autoridades do Qatar", afirmou a fonte, que preferiu não ter o nome divulgado, não precisando se a libertação foi registrada em Denver (Colorado, oeste), onde o diplomata foi interrogado pelo FBI depois de sua detenção durante voo doméstico da companhia United Airlines.

Segundo a fonte, se ele tivesse cidadania americana, teria cometido uma infração, mas possui imunidade diplomática", acrescentou.

De acordo com o canal americano NBC, os governos dos Estados Unidos e do Qatar chegaram a um acordo para que o diplomata fosse enviado de volta a seu país.

Bomba ou cigarro, a exatidão dos fatos que levaram à sua detenção continuava sendo desconhecido nesta quinta-feira. O homem teria fumado no banheiro do avião sendo algemado, depois, por um policial encarregado da segurança a bordo; há informações de que teria tentado apagar o cigarro na sola do sapato o que foi interpretado, na hora, como tentativa de acionar um explosivo oculto.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host