UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/04/2010 - 15h37

Empresários americanos estão pessimistas sobre futuro da imprensa

Metade dos dirigentes de jornais e emissoras de televisão americanas acredita que sem novas fontes de receitas, os veículos correm o risco de quebrar nos próximos dez anos, segundo pesquisa divulgada nesta segunda-feira.

Apenas 46% dos 353 empresários que responderam ao levantamento do centro de pesquisa Pew Research Center, feito entre dezembro e janeiro, disseram que esperavam manter-se solventes durante mais de dez anos.

No entanto, 17% preveem o fim de suas atividades nos próximos dez anos devido à falta de "novos financiamentos significativos", e 24% consideram que isso ocorrerá entre três e cinco anos. Outros 6% pensam que vai durar de um a dois anos, enquanto 1% acredita que durará apenas um ano.

Ante a queda das receitas publicitárias tradicionais, 18% deles afirmam estar cobrando pelo acesso do conteúdo na Internet, e 58% indicaram que planejam fazer isso.

No entanto, 75% dos responsáveis pelos veículos de imprensa se opõem à concessão de subsídios governamentais ao setor.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host