UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/04/2010 - 18h21

Wall Street fecha em alta pelo sexto dia consecutivo

A Bolsa de Nova York registrou o sexto dia consecutivo de alta nesta quinta-feira, impulsionada pelo setor industrial, com o Dow Jones subindo 0,19%, fechando em seu nível mais alto desde 19 de setembro de 2008. O Nasdaq, por sua vez, teve alta de 0,43%.

Segundo dados definitivos de fechamento, o Dow Jones Industrial Average subiu 21,46 pontos, para 11.144,57 pontos, e o Nasdaq, de alto componente tecnológico, subiu 10,83 pontos, para 2.515,69.

O índice ampliado Standard & Poor's 500 subiu 0,08% (1,02 ponto), para 1.211,67 pontos.

O principal índice de Wall Street alcançou assim o nível que estava em 19 de setembro de 2008, na semana seguinte à quebra do banco de investimentos Lehman Brothers. O Nasdaq alcançou seu teto desde 5 de junho de 2008 e o S&P 500 chegou ao nível de 26 de setembro do mesmo ano.

A praça nova-iorquina registrou "uma sessão prudente", mudando várias vezes de direção, explicou Peter Cardillo, da Avalon Partners.

O mercado "deu uma pausa", concordou Craig Peckham, da corretora Jefferies, mas "a razão pela qual não vêm ocorrendo realizações de lucros é que as pessoas acreditam que haverá boas surpresas nas próximas semanas no que diz respeito aos balanços das empresas".

Os investidores ficaram contentes nesta quinta-feira com o anúncio da forte alta do lucro do grupo de logística e transporte UPS, considerado um bom termômetro da atividade econômica dos Estados Unidos.

O setor industrial beneficiou-se também do aumento maior que o previsto dos índices de atividade nas regiões de Nova York e Filadélfia (leste do país).

No entanto, o otimismo dos investidores foi atenuado pelo anúncio de uma alta inesperada no número de desempregados na semana passada nos Estados Unidos, com 484.000 solicitações de seguro.

No mercado obrigatório, o rendimento dos títulos do Tesouro com prazo de 10 anos caiu para 3,848%, contra 3,855% na noite de quarta-feira, e o de títulos de 30 anos subiu para 4,728% contra 4,722%. O rendimento das obrigações evolui no sentido oposto a seus preços.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host