UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/04/2010 - 10h33

Alemanha: resposta a pedido de ajuda grego pode ser positiva ou negativa

A resposta da União Europeia (UE) e da Alemanha ao pedido de ajuda urgente da Grécia para superar a crise financeira pode ser positiva ou negativa, afirmou o ministro alemão das Finanças, Wolfgang Sch¤uble, em entrevista ao jornal Bild am Sonntag.

"O fato de que nem a UE nem o governo (alemão) tenham tomado uma decisão até o momento significa que esta pode ser positiva ou negativa", disse Sch¤uble.

"A resposta depende exclusivamente de saber se a Grécia manterá nos próximos anos a política rigorosa. Esta é uma condição indispensável e absoluta para a autorização das ajudas à Grécia por parte da UE e da Alemanha, pois assim poderemos saber que a Grecia reembolsará os créditos", completou.

"Precisamos de tempo para examinar o pedido", concluiu o ministro.

Em Paris, a ministra francesa da Economia, Christine Lagarde, afirmou que os países da zona euro devem ser solidários, mas não complacentes com a Grécia.

"Defendemos o território da zona euro. Quando uma parte do território é atacada e nossa moeda comum está sob pressão, temos que ser solidários, mas isto não quer dizer que tenhamos que que ser complacentes", declarou Lagarde ao Journal du Dimanche.

A Grécia, à beira da falência pelo peso da dívida pública e do déficit orçamentário, pediu a ajuda financeira de urgência de 45 bilhões de euros (60 bilhões de dólares) à UE e ao Fundo Monetário Internacional (FMI).

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host