UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/04/2010 - 13h21

Bolsas europeias despencam após rebaixamento de Grécia e Portugal

As bolsas europeias registram fortes quedas nesta terça-feira por conta de preocupações em relação à Grécia, cuja classificação de risco foi baixada em três degraus pela Standard & Poor's. A agência também rebaixou a nota de Portugal.

A Bolsa de Paris caía 3,82%, ficando abaixo dos 3.900 pontos, em um dia de mercado financeiro inquietante.

A Bolsa de Milão, por sua vez, caía 3,28%. Entre os índices que tiveram maiores baixas estão Intesa Sanpaolo (-5,66%), Unicredit (-4,40%) e Monte dei Paschi (-3,77%).

A agência de classificação de risco Standard & Poor's rebaixou a nota da dívida soberana da Grécia para o nível especulativo, enquanto o país da zona do euro pediu aceleração na liberação do resgate bilionário que o ajudará a se manter solvente. A nota de longo prazo caiu de BBB+ para BB+ e seu rating de curto prazo foi de A-2 para B.

O rebaixamento significa que alguns investidores não poderão mais comprar títulos da dívida grega e também pode dificultar o acesso da Grécia aos recursos dos bancos centrais europeus.

A S&P também reduziu em dois níveis a nota da dívida soberana de longo prazo de Portugal, de A+ para A-, advertindo que o país terá dificuldades para fazer frente a seu elevado endividamento. A nota da dívida de curto prazo caiu de A-1 para A-2, informou comunicado da agência.

A degradação da nota reflete os temores sobre a situação fiscal do país, e segundo as previsões da agência, "o governo português deverá lutar para estabilizar seu nível de elevado endividamento até 2013".

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host