UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/04/2010 - 17h31

Obama solidariza-se com vítimas da crise em início de campanha

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, solidarizou-se nesta terça-feira com os americanos que ainda não sentem a incipiente recuperação da economia do país, no início da campanha democrata para as eleições legislativas de metade do mandato, em novembro.

"Recentemente, pude anunciar notícias positivas depois de dois anos difíceis. Nossa economia finalmente começou a crescer de novo, nossos mercados se recuperaram, nossas empresas começam a gerar empregos novamente", disse Obama aos trabalhadores de uma fábrica de geradores Siemens em Fort Madison, Iowa (norte do país).

"No entanto, em muitos lugares a recuperação ainda não chegou para todo mundo", completou. "Continuam sendo tempos duros em cidades como Fort Madison. E continua sendo difícil para os americanos de classe média, que já nadavam contra a corrente antes que a onda (da crise econômica) os atingisse", afirmou.

O presidente iniciou em Iowa uma viagem que o levará também a Illinois (norte do país) e a Missouri (centro) em um momento em que o desemprego é de 9,7% no nível nacional - e muito acima dos 10% em vários pontos do interior dos Estados Unidos - e as dívidas assolam muitos lares americanos.

As eleições legislativas de metade de mandato, em novembro, renovarão as 435 cadeiras da Câmara dos Representantes e um terço do Senado.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host