UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

28/04/2010 - 16h40

EUA: apesar da recuperação econômica, BC mantém taxas próximas de zero

O Federal Reserve (Fed), o banco central americano, anunciou nesta quarta-feira que manterá sua taxa básica de juros perto de zero durante longo tempo, embora tenha "tomado nota" da melhoria da conjuntura, observada, principalmente, no mercado de trabalho.

Segundo o Comitê de Política Monetária (FOMC), "tendências inflacionárias leves" e outros fatores "garantirão provavelmente níveis excepcionalmente baixos da taxa por um longo período" - está situada, atualmente, numa faixa entre 0 e 0,25%.

O objetivo desta política é estimular ao máximo a economia, reduzindo ao mínimo o custo do crédito.

"A economia continua se fortalecendo" e "o mercado de trabalho dá sinais de melhora", diz o comunicado do BC americano publicado em Washington.

Destaca, no entanto - assim como em sua reunião de meados de março - que "os empresários ainda se mostram reticentes em aumentar sua massa salarial" e que alguns obstáculos freiam o crescimento; entre eles, a persistência do desemprego em nível elevado, assim como a manutenção de condições desfavoráveis para a obtenção de créditos ou as dificuldades financeiras pelas quais passam os americanos endividados.

"O crescimento do consumo nos lares se acelerou recentemente mas ainda está limitado pelo desemprego (...)", diz o comunicado.

Depois da crise, um em cada 10 trabalhadores americanos está desempregado, o que afeta o consumo e os preços das moradias.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host