UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/05/2010 - 10h22

Espanha quer tranquilizar mercados com pacto sobre caixas econômicas

O governo socialista da Espanha e a oposição de direita tentaram nesta quarta-feira tranquilizar os mercados com o anúncio de um acordo para reformar a lei que administra as caixas econômicas regionais, assim como de outro para acelerar a reestruturação das mesmas, já que a lentidão do processo inquieta os investidores.

"Os dois acordos importantes alcançados nesta quarta-feira reúnem as condições para transmitirr uma mensagem de confiança sobre nosso sistema financeiro", destacou o presidente do governo socialista, José Luis Rodriguez Zapatero, ao fim de uma reunião com o líder da oposição, Mariano Rajoy.

"Nos próximos três meses apresentaremos uma reforma da legislação das caixas econômicas para alcançar um marco jurídico estável que garanta independência de seus órgãos do governo e a transparência da gestão", disse Rajoy.

Um dos aspectos que preocupa os investidores é a reforma do setor bancário espanhol, em particular as muitas caixas econômicas regionais parcialmente controladas por executivos das poderosas regiões autônomas espanholas.

Atualmente passam por dificuldades pela explosão da bolha imobiliária em 2008, à qual estão muito expostas, ao contrário dos grandes bancos com presença internacional, que resistiram bem à crise financeira.

A reestruturação é complicada pela hesitação das regiões a abrir mão do braço financeiro.

O mercado considera a situação como um certo imobilismo do governo, o que demonstraria a falta de vontade de trabalhar para reduzir os déficits públicos, principal problema financeiro do país.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host