UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/05/2010 - 06h52

Para Bruxelas a Espanha não precisa de ajuda financeira

A Espanha não precisa de nenhum tipo de ajuda financeira externa para enfrentar os desequilíbrios orçamentários, afirmou nesta quarta-feira o comissário europeu de Assuntos Econômicos, Olli Rehn, ao rebater os rumores neste sentido que circularam nos mercados.

"Não há necessidade de propor nenhuma assistência financeira para a Espanha", declarou Rehn, ao ser questionado em Bruxelas sobre o boato espalhado na terça-feira de que Madri estava a ponto de pedir um grande empréstimo ao Fundo Monetário Internacional (FMI).

"Não entendo como esta informação, uma especulação desnecessária, se propagou inclusive em meios de comunicação sérios na Europa", criticou Rehn, que pediu prudência a todos.

Os temores de que a Espanha se veria forçada a pedir ajuda ao FMI derrubaram a Bolsa de Madri, que fechou na terça-feira com queda de 5,41%, apesar do presidente do governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, ter afirmado publicamente que a ideia era uma "absoluta loucura".

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host