UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/05/2010 - 18h15

Vale critica oposição e diz que produzirá minério na Guiné em 2012

O presidente da Vale, Roger Agnelli, afirmou nesta quarta-feira que a mineradora deverá começar a produzir minério de ferro na Guiné "em 2011 ou 2012", apesar de a oposição no país africano ter anunciado que não reconheceria a aquisição feita pela empresa brasileira semana passada, em caso de vitória nas eleições de junho.

Em 30 de abril, a Vale anunciou a compra de 51% de participação na BSG Resources (BSGR), que detém concessões de minério de ferro na Guiné, em Simandou Sul (Zogota), e licenças de exploração em Simandou Norte (Blocos 1 e 2). O negócio somou US$ 2,5 bilhões, dos quais US$ 500 milhões à vista e US$ 2 bilhões em etapas sujeitas ao cumprimento de metas específicas.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host