UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/05/2010 - 13h05

Lula: Brasil quer incrementar suas relações econômicas com o Irã

Teerã, 16 Mai 2010 (AFP) -O Brasil deseja desenvolver suas relações econômicas com o Irã dentro de uma reequilíbrio em relação aos países emergentes, declarou neste domingo, em Teerã, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"O Brasil quer se orientar mais na direção dos países emergentes (...) entre os quais o Irã é um dos nossos princiapis sócios", declarou Lula em coletiva de imprensa conjunta com seu colega iraniano Mahmud Ahmadinejad.

"A crise financeira mundial, que mostrou a necessidade de um novo sistema comercial multilateral, incrementou nosso interesse pelo Irã, que é um dos três principais mercados do Brasil" (entre os países em desenvolvimento), acrescentou o chefe de Estado brasileiro.

Lula indicou que o exportará por um bilhão de dólares produtos alimentícios para o Irã nos próximos cinco anos.

Ahmadinejad declarou, por sua parte, que o desenvolvimento ds relações econômicas entre ambos países faz parte de "uma relação estratégica a longo prazo".

"Esta relação não é dirigida contra ninguém", afirmou o presidente iraniano e diz respeito apenas a "dois países que buscam se transformar rapidamente em polos econômicos de suas regiões".

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host