UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

24/05/2010 - 12h37

FMI: Espanha precisa empreender reformas urgentes do emprego e bancos

Washington, EUA, 24 Mai 2010 (AFP) -A Espanha deverá realizar reformas urgentes para melhorar o funcionamento de seu mercado de trabalho e do sistema financeiro, enfatizou nesta segunda-feira o Fundo Monetário Internacional (FMI), depois de terminar uma missão no país.

"A política do governo deve se concentrar em equilibrar ordenadamente a economia", indicou a instituição em um comunicado, pedindo que leve adiante uma ação urgente e decidida.

O FMI enumerou três prioridades. A primeira é tornar mais flexível o mercado de trabalho para favorecer o emprego e sua redistribuição entre setores, num país em que o desemprego superou os 20% no primeiro trimestre.

A segunda é "uma consolidação orçamentária para assentar as finanças públicas numa base viável". O governo adotou medidas de austeridade destinadas a economizar 15 bilhões de euros em 2010 e 2011.

A terceira prioridade é "uma consolidação do setor bancário e uma reforma para fortalecer a situação e eficácia do sistema", no qual "os riscos seguem sendo elevados e desigualmente repartidos entre instituições, concentrados principalmente nas caixas econômicas".

A análise do Fundo Monetário Internacional (FMI), com a recomendação de reformas "urgentes" em seu mercado de trabalho e no sistema financeiro, "coincide com a que foi feita pelo governo" espanhol, segundo nota divulgada logo em seguida pelo ministério da Economia.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host