UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/05/2010 - 17h06

Petróleo fecha abaixo dos 70 dólares em outro dia de forte queda

nova york, EUA, 25 Mai 2010 (AFP) -Os preços do petróleo terminaram novamente em baixa nesta terça-feira em Nova York e Londres, em um mercado pessimista sobre a crise na zona do euro e seus efeitos sobre o setor bancário, além das tensões com a crise na península da Coreia.

No New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril do West Texas Intermediate (designação de "light sweet crude" negociado nos EUA) para entrega em julho, fechou em 68,75 dólares, baixa de 1,46 dólar em relação à segunda-feira.

No InterContinentalExchange de Londres, o barril de Brent do Mar do Norte com igual vencimento perdeu 1,62 dólar, indo para 69,55 dólares.

Segundo Jason Schenker, da Prestige Economics, o novo retrocesso das cotações foi provocado pelos "persistentes temores do mercado sobre as dívidas dos Estados".

"Os governos reduzirão os gastos, isso afetará a capacidade das economias desses países se recuperarem, principalmente em nações como Espanha, onde o desemprego alcança 20%", afirmou Andy Lipow, da Lipow Oil Associates.

Os temores de que a crise grega se estenda a outros países voltaram ao primeiro plano durante o fim de semana, quando o banco central espanhol resgatou a Cajasur, uma caixa de poupança do país.

Na segunda-feira, outras quatro intistuições de poupanças anunciaram sua fusão.

A tensão entre Coreia do Norte e Coreia do Sul aumentou o nervosismo já reinante: o exército norte-coreano foi colocado em estado de alerta após Seul ameaçar na segunda-feira Pyongyang de "fazer pagar um preço" pelo naufrágio de um de seus navios de guerra.

Estas informações levaram os investidores a optarem por outras moedas, como o dólar, uma vez que sua alta faz encarecer mecanicamente o petróleo, tornando-o menos atrativo para os investidores munidos de outras divisas.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host