UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/06/2010 - 13h44

OCDE prevê crescimento lento, mas descarta recessão mundial

LIUBLIANA, 1 Jun 2010 (AFP) -A economia mundial crescerá lentamente nos próximos cinco a sete anos, mas não deve ocorrer uma nova recessão, estimou nesta terça-feira o secretário-geral da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), Angel Gurría.

"Não vejo uma nova recaída, não vejo um regresso à recessão", indicou Gurría em Liubliana, após a assinatura de um acordo de adesão da Eslovênia à OCDE.

"A médio prazo - digamos cinco a sete anos - veremos um nível de crescimento relativamente fraco, uma taxa de desemprego relativamente forte e déficits fiscais relativamente elevados", informou, afirmando que estas previsões podem depender das políticas realizadas pelos governos nos próximos anos.

Gurría advertiu que, apesar de várias economias registrarem um crescimento positivo neste ano, "há muitos países que precisam consolidar seu setor financeiro", em alusão à Europa.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host