UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/06/2010 - 20h44

Telefónica oferece 6,5 bilhões de euros pela Vivo

LISBOA, 2 Jun 2010 (AFP) -A espanhola Telefónica, que pretende obter o controle total da operadora brasileira Vivo, elevou sua oferta à Portugal Telecom (PT) a 6,5 bilhões de euros, confirmou a PT na noite desta terça-feira.

"Portugal Telecom informa que recebeu da Telefónica uma nova oferta, firme e incondicional, para a aquisição da participação de 50% que a PT possui na Brasilcel, por um total de 6,5 bilhões de euros", destaca o grupo português em sua página na Internet.

Telefónica, que pretende reforçar sua posição no Brasil, apresentou no mês passado uma oferta de 5,7 bilhões de euros à Portugal Telecom por sua participação de 50% na Brasilcel, holding que possui 60% da Vivo.

A oferta foi rejeitada de imediato pela PT, que também considera estratégica sua presença no Brasil.

A Vivo é a joia que a Telefónica quer a qualquer preço, para dispor de uma operadora integrada de telefonia fixo-móvel.

O Conselho de Administração da PT, que se reuniu em caráter de emergência na noite de hoje para analisar a oferta, estimou que ela "não reflete o valor estratégico deste ativo para a Telefónica", mas decidiu "convocar uma assembléia geral para ouvir os acionistas".

Se a PT aceitar a oferta, a Telefónica proporá ao grupo português ou "a um grupo indicado a aquisição da totalidade da participação" que a companhia espanhola possui na Portugal Telecom, atualmente em 10%, a "um preço equivalente ao valor médio das ações da PT" na Bolsa de Lisboa.

Nesta terça-feira, a ação da PT fechou em alta de 1,39%, a 8,46 euros.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host