UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/06/2010 - 15h53

Irã concede contratos de exploração de jazida de gás a empresas locais

TEERÃ, 15 Jun 2010 (AFP) -O Irã concedeu nesta terça-feira contratos para o desenvolvimento da gigantesca jazida de gás South Pars no valor de 21 bilhões de dólares a várias empresas iranianas, entre as quais figuram o braço econômico dos Guardas da Revolução, informou a televisão estatal.

"Os acordos, que incluem as fases de desenvolvimento 13, 14, 19, 22, 23 e 24 de South Pars, foram assinados entre o ministério de Petróleo, a companhia Idro, Petropars e Khatam al-Anbiya", indicou nesta terça-feira pela manhã o site da rede de televisão estatal.

No final do dia, os administradores do site corrigiram a informação, retirando apenas o nome de Khatam al-Anbiya do informe, sem nenhuma explicação.

Idro é um conglomerado que reúne os principais grupos industriais do Estado; Petropars é uma filial da Companhia Nacional Iraniana de Petróleo (NIOC) e Khatam al-Anbiya é o conglomerado industrial veiculado aos Guardas da Revolução, o exército ideológico do regime.

Diversos meios de comunicação iranianos haviam anunciado em várias ocasiões nestas últimas semanas que Khatam al-Anbiya obteria uma parte significativa dos contratos da South Pars, no Golfo.

Um funcionário do ministério de Petróleo havia anunciado no fim de maio que Khatam al-Anbiya figuraria no consórcio com a tarefa de retomar as fases 13 e 14, inicialmente concedidas aos grupos anglo-holandês Shell e espanhol Repsol, para logo depois retratar-se.

Teerã anulou os contratos de Shell e Repsol em maio pelo atraso dos grupos na realização dos investimentos previstos, consequência das sanções bancárias internacionais que pesam sobre o Irã por sua política nuclear e das pressões americanas para dissuadir as grandes companhias a trabalharem nesse país.

Khatam al-Anbiya, criada durante a guerra contra o Iraque (1980-1988) para ajudar na reconstrução do país, diversificou-se depois para a indústria e há alguns anos estendeu-se para o setor da energia.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host