UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/06/2010 - 15h56 / Atualizada 25/06/2010 - 16h19

Ativistas mostram cartão amarelo ao G8 por promessas não cumpridas

TORONTO, Canadá, 25 Jun 2010 (AFP) -Ativistas canadenses mostraram cartão amarelo aos líderes do G8 por não honrar suas promessas de ajuda, dizendo que é o momento de transformar compromissos em ações.

"Agora é o momento de agir, temos que começar a agir", disse Gerry Barr, chefe do Conselho Canadense de Cooperação Internacional, que reúne cerca de 100 organizações não governamentais canadenses.

Outros ativistas de Índia, Estados Unidos e Malawi também pediram planos concretos de ação para lidar com problemas como as mudanças climáticas, a Aids e a mortalidade infantil.

"Ponham o dinheiro na mesa, salvem vidas", disseram em uma coletiva de imprensa, no final da qual o grupo 1GOAL, que pede educação para todos, distribuiu cartões amarelos para os jornalistas.

Líderes dos oito países mais industrializados do planeta reúnem-se nesta sexta-feira em Huntsville (Canadá) para elaborar estratégias que permitam acabar com o déficit público sem prejudicar o crescimento econômico.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host