UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/07/2010 - 19h37

BP já queimou mais óleo no Golfo do que no desastre do Alasca

NOVA ORLEANS, EUA, 16 Jul 2010 (AFP) -As operações de limpeza que a petroleira britânica BP realiza no Golfo do México já queimaram mais petróleo do que na maré negra provocada pelo acidente com o navio Exxon Valdez no Alasca, em 1989, informou uma fonte oficial nesta sexta-feira.

Desde o início dos trabalhos contra a maré negra no Golfo, em abril, após a explosão e o naufrágio da plataforma 'Deepwater Horizon', já foram queimados 270 mil barris de petróleo (quase 43 milhões de litros) em operações controladas, revelou o vice-almirante da Guarda Costeira Paul Zunkunft.

Na baía do Príncipe William, no Alasca, há 21 anos foram queimados 41 milhões de litros após o incidente com o petroleiro Exxon Valdez.

"A queima no mar já superou os 270 mil barris, muito mais que no incidente do Exxon Valdez", disse Zunkunft, encarregado do governo de coordenar as operações no Golfo do México.

Outros 800 mil barris (127 milhões de litros) de petróleo foram retirados da superfície por uma frota de milhares de barcos envolvidos nas operações de limpeza.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host