UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/08/2010 - 10h41

Zimbábue reinicia o leilão de seus diamantes

HARARE, 11 Ago 2010 (AFP) -Os leilões de diamantes foram reiniciados nesta quarta-feira em Harare sob supervisão do regulador do setor, que deu sua autorização depois de ter constatado um avanço em termos de direitos humanos na mina de Marange, leste de Zimbábue.

"Novecentos quilates receberam certificados", declarou Abbey Chikane, o representante no Zimbábue do Processo de Kimberley (PK), um sistema de certificação internacional criado para eliminar o comércio dos chamados "diamantes de sangue", cujo tráfico serve para financiar conflitos armados.

Este leilão, realizado no aeroporto de Harare e onde participam compradores internacionais, é o primeiro desde a suspensão, em novembro, do comércio de diamantes de Marange por graves violações dos direitos humanos.

Sob a supervisão do PK e da auditora Ernst & Young, esta venda só conta com diamantes extraídos nos últimos dois meses, data em que o Zimbábue adotou as exigências do Processo de Kimberly.
Hospedagem: UOL Host