UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/08/2010 - 21h49

Barclays pagará US$ 300 mi por ignorar sanções a Cuba e Irã

WASHINGTON, 18 Ago 2010 (AFP) -O banco britânico Barclays aceitou pagar uma multa de 300 milhões de dólares por ter violado sanções impostas pelos Estados Unidos contra vários países, incluindo Cuba, Irã e Sudão, informou nesta quarta-feira o departamento americano de Justiça.

"As violações envolvem transações efetuadas de forma ilegal pelo Barclays em nome de clientes de Cuba, Irã, Sudão e de outros países sancionados em programas administrados pelo Bureau de Controle de Ativos Estrangeiros", assinala o departamento de Justiça.

O diretor do Bureau, Adam Szubin, destacou que o banco britânico violou as sanções de forma organizada e por longo prazo, mas admitiu seu erro e revelou as transações ilegais.

Szubin destacou que a multa seria "muito mais elevada se o Barclays não tivesse admitido (as violações) e cooperado voluntariamente com o Bureau durante a investigação".
Hospedagem: UOL Host