UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/08/2010 - 18h20

GM apresenta à SEC pedido para oferta pública de ações

NOVA YORK, 18 Ago 2010 (AFP) -A montadora de automóveis americana General Motors (GM) apresentou nesta quarta-feira às autoridades de mercados de capitais sua proposta de oferta pública inicial de ações (IPO, da sigla em inglês), segundo um documento publicado no site da Securities and Exchange Commission (SEC, a Comissão de Valores Mobiliários americana).

Em um comunicado publicado nesta quarta-feira, a GM afirma ter "registrado diante da SEC" seu projeto de entrada na bolsa, que comportará "ações ordinárias e preferenciais.

O documento apresentado menciona uma quantia máxima de US$ 100 milhões, um montante teórico correspondente a um preço virtual de 1 centavo por ação.

"O número de ações oferecido será determinado pelas condições de mercado e outros fatores no momento da oferta. O número de ações e a banda de preços para a oferta ainda não foram determinados", completa o comunicado.

O texto afirma ainda que a empresa pretende ser cotada nas bolsas de Nova York e Toronto.

A expectativa do mercado é a de que a GM capte entre US$ 12 e US$ 16 bilhões por meio do IPO, o que tornaria a operação a segunda maior já realizada nos Estados Unidos, depois do IPO da Visa em 2008.

O pedido de oferta pública ocorre quase uma semana depois de a companhia ter anunciado um lucro de US$ 1,3 bilhão no segundo trimestre. A venda de ações é esperada para ocorrer ainda este ano.

Os executivos da empresa disseram por muitos meses que estavam planejando fazer a empresa retornar aos mercados, enquanto a maior fabricante de automóveis dos EUA procura pagar sua dívida com o governo, que a livrou da bancarrota durante a crise financeira.

O Departamento do Tesouro americano anunciou imediatamente depois do anúncio da oferta que se reserva o direito de manter em seu poder as ações da General Motors, da qual detém 60,8% do capital.

"O Tesouro converva o direito, em todo momento, de decidir se participa da oferta e em que nível", informou em um comunicado.

O Tesouro explicou que deu seu aval "para ser designado como vendedor de ações ordinárias" do grupo.

Hospedagem: UOL Host