UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

23/08/2010 - 14h27

Setor agrícola russo perdeu mais de um bilhão de dólares pela seca

MOSCOU, 23 Ago 2010 (AFP) -A seca recorde deste ano na Rússia, que destruiu muitas terras cultiváveis, causou no setor agrícola perdas de 33 bilhões de rublos (1,070 bilhão de dólares, 848 milhões de euros), informou nesta segunda-feira o vice-ministro russo da Agricultura, Alexandre Petrikov.

"O governo vai compensar as perdas vinculadas à seca", declarou Petrikov durante a realização de uma feira agroindustrial em São Petersburgo (noroeste), segundo a agência Interfax.

Petrikov precisou que estão sendo realizados trabalhos para determinar a amplitude dos danos num total de 16.000 propriedades agrícolas.

Segundo dados do ministério de Agricultura citados pela Interfax, a Rússia colheu até o momento 40,7 milhões de toneladas de cereais, ou 17,8 milhões de toneladas a menos que no mesmo período do ano passado.

A Rússia se vê confrontada a uma grave seca desde o mês de abril, agravada por onda de calor sem precedentes que só terminou semana passada.

No dia 5 de agosto, Moscou anunciou um embargo sobre suas exportações de trigo e produtos derivados até o final do ano, para garantir a demanda doméstica e evitar uma disparada dos preços no mercado interno.

Segundo o presidente Dimitri Medvedev, a Rússia perdeu uma quarta parte de sua colheita de cereais devido à seca e à onda de calor.

Como parte disso, o governo reduziu para entre 60 milhões a 65 milhões de toneladas a estimativa de colheita de cereais para 2010. Em 2009, a Rússia produziu 97,1 milhões de toneladas.
Hospedagem: UOL Host