! Maior banco suíço revelará nome de clientes ricos ao fisco dos EUA - 19/02/2009 - BBC Brasil
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

19/02/2009 - 11h23

Maior banco suíço revelará nome de clientes ricos ao fisco dos EUA

O maior banco da Suíça, o UBS, concordou em pagar ao governo dos Estados Unidos US$ 780 milhões e a revelar os nomes de alguns de seus clientes ao fisco americano, em um acordo fechado em um tribunal federal no Estado da Flórida.

A Suíça possui leis rigorosas de sigilo bancário, mas o órgão que regula o sistema financeiro ordenou ao UBS que passe as informações ao governo americano.

O UBS admitiu que alguns de seus funcionários ajudaram clientes americanos ricos a sonegar impostos por meio da criação de milhares de contas secretas.

Como o banco admitiu responsabilidade na ocultação dos recursos, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos recomendou a suspensão das acusações contra o banco.

O UBS disse, contudo, que permanece comprometido em manter confidenciais informações de seus clientes, mas que não deve proteger atos fraudulentos.

"O véu do sigilo foi levantado, e nós vamos continuar a perseguir agressivamente aqueles que deixam de cumprir suas obrigações fiscais federais ou ajudam outro a fazer isso", disse nota do Departamento de Justiça americano.

Em julho de 2008, o ex-diretor do UBS, Bradley Birkenfeld, admitiu que ajudou cidadãos americanos a evitar o pagamento de mais de US$ 7 milhões em impostos ao esconder mais de US$ 200 milhões.

De acordo com o Departamento de Justiça americano, Birkenfeld disse que mais de US$ 20 bilhões estavam depositados em contas de contribuintes americanos "não declaradas" no banco suíço.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host