! Bolsas da Ásia fecham em alta nesta sexta-feira - 13/03/2009 - BBC Brasil
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

13/03/2009 - 07h43

Bolsas da Ásia fecham em alta nesta sexta-feira

As bolsas da Ásia fecharam em alta nesta sexta-feira, fomentando entre os investidores expectativas de que esteja chegando ao fim a tendência negativa observada desde setembro do ano passado.

A região foi impulsionada pelo fechamento positivo da Bolsa de Nova York, que terminou a quinta-feira com ganhos de 3,4% no índice Dow Jones. O principal índice de Hong Kong, o Hang Seng, encerrou com alta de 4,3% depois de uma semana de forte oscilação por conta dos ganhos e perdas das ações do banco britânico HSBC.

Outras bolsas importantes também registraram alta. O Nikkei, de Tóquio, encerrou com ganhos de 5,1%, o Straits Times de Cingapura marcou 5,6% e o Taiwan Weighted de Taipei, 3%. A exceção foi a Bolsa de Xangai, que se manteve neutra em 0,34% negativo, apesar da aprovação pelo Congresso Nacional do Povo em Pequim do pacote de quase US$ 600 bilhões em estímulos para a economia chinesa.

O pacote anunciado em novembro do ano passado inclui pesados investimentos na área de infra-estrutura como forma de incentivo à economia e fonte de geração de trabalho para a vasta população de 1,3 bilhão de chineses.

O encontro do Congresso Nacional terminou nesta sexta-feira com uma entrevista coletiva do primeiro-ministro chinês Wen Jiabao. Ele disse acreditar que as economias da China e do mundo se recuperarão a partir de 2010.

Anteriormente, no discurso que proferiu durante o encontro, Wen Jiabao já havia reconhecido que os tempos de crescimento do PIB acima de 10% passaram, e estimou que a China crescerá 8% em 2009.

A forte oscilação da Bolsa de Hong Kong nesta semana se deveu ao peso que as ações do banco HSBC têm no índice. Na segunda-feira, os papéis do HSBC acabaram o dia com queda de 24%, o que puxou pra baixo o índice Hang Seng. Na terça-feira, porém, o HSBC observou recuperação de 14%.

Grande parte da oscilação ocorreu no leilão livre feito nos 10 minutos finais do pregão.

Como as altas e baixas recentes ameaçaram desestabilizar o índice, a autoridade reguladora da Bolsa de Valores propôs suspender o esquema de livre leilão a partir do dia 23 de março. A sugestão ainda deverá ser avaliada pela comissão do governo que supervisiona o sistema financeiro de Hong Kong.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host