! Economia britânica encolhe mais do que o esperado - 24/04/2009 - BBC Brasil
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

24/04/2009 - 09h03

Economia britânica encolhe mais do que o esperado

A economia britânica encolheu 1,9% nos primeiros três meses de 2009 em comparação com o trimestre anterior, segundo dados oficiais divulgados nesta sexta-feira. A queda entre janeiro e março foi a maior em um trimestre na Grã-Bretanha em quase 30 anos.

Além disso, o índice é pior do que se esperava. Economistas e o governo previam uma retração de 1,5%. No trimestre anterior, a economia já havia encolhido 1,6%.

Os números piores do que o previsto estão gerando incertezas sobre o futuro da economia britânica. Nesta semana, o ministro da Fazenda, Alistair Darling, havia dito que a economia britânica deve retrair 3,5% em 2009, mas disse que a recuperação do PIB começaria ainda no final deste ano.

Na ocasião, o governo britânico divulgou o orçamento para o ano fiscal de 2009/1010, cujo principal objetivo é combater os efeitos da crise financeira na Grã-Bretanha.

"Uma contração de pelo menos 4% é mais provável", afirma Benjamin Williamson, do instituto de consultoria independente Centre for Economic and Business Research, da Grã-Bretanha.

Recorde negativo Os dados mostram que a economia britânica sofreu contração de 4,1% nos últimos 12 meses.

Este foi o terceiro trimestre consecutivo de crescimento negativo do PIB, o que confirma que a economia britânica está em forte recessão.

O principal fator que contribuiu para a queda do PIB foi o setor de manufatura, que teve retração de 6,2% entre janeiro e março. O setor já havia registrado queda de 4,9% no trimestre anterior.

"Nos últimos seis meses, viu-se a maior queda [do PIB] já registrada e o setor de manufaturas bateu recorde", disse à BBC Jon Beadle, economista do Office for National Statistics (ONS), o órgão oficial de estatísticas.

"Nós não observamos quedas deste tamanho desde a Segunda Guerra Mundial." Analistas acreditam que esta pode ser a pior contração em um trimestre ao longo da atual crise.

O governo mantém a sua previsão de retração de 3,5% do PIB britânico em 2009.

"Nós acreditamos que a economia vai começar a se recuperar perto do final do ano", disse à BBC a secretária do Tesouro, Yvette Cooper. Alguns setores já estão crescendo, como o varejo, cuja atividade econômica aqueceu 0,3% no mês de março em relação ao mês anterior.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê que o PIB britânico encolherá 4,1% em 2009.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host