! Chefe do Fed prevê recuperação 'gradual' da economia dos EUA até o final do ano - 05/05/2009 - BBC Brasil
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

05/05/2009 - 22h44

Chefe do Fed prevê recuperação 'gradual' da economia dos EUA até o final do ano

O presidente do Federal Reserve (o Banco Central dos Estados Unidos), Ben Bernanke, afirmou, nesta terça-feira, esperar que a economia do país comece a se recuperar ainda no final deste ano, a menos que aconteça mais algum retrocesso financeiro.

Em um pronunciamento ao Comitê Financeiro Conjunto do Congresso dos EUA, Bernanke afirmou que, no entanto, o crescimento deve continuar reprimido e o desemprego alto, mesmo depois do início da recuperação. "Nós continuamos esperando que a atividade econômica atinja um piso, e depois comece a reagir no final deste ano", afirmou Bernanke.

"Mesmo depois que uma recuperação comece, a taxa de crescimento da atividade econômica real deve continuar abaixo de seu potencial por um tempo", disse.

O presidente do Fed também afirmou que a recuperação deve ser "gradual" e que a fragilidade da economia vai diminuir "lentamente".

Nos últimos dois meses, Bernanke tem se mostrado bastante otimista em relação aos prognósticos para a economia americana. Em abril, ele chegou a afirmar que começam a surgir sinais de recuperação econômica no país. Desemprego Segundo ele, a taxa de desemprego nos EUA, que atualmente está em 8,5%, deve subir para "algum lugar" perto de 9%.

"A perda de empregos é um dos aspectos mais dolorosos de todo esse episódio (da crise)", disse.

Bernanke também afirmou que tanto o mercado imobiliário - que está em crise há três anos - quanto os gastos dos consumidores estão se estabilizando.

O presidente do Fed afirmou que suas previsões se baseiam nos sinais de recuperação do mercado financeiro, mas alertou que um retrocesso pode afetar a recuperação econômica.

"Uma recaída nas condições financeiras seria um obstáculo significativo para a atividade econômica e poderia fazer com que esta recuperação incipiente seja interrompida", afirmou.

Na próxima quinta-feira, o Fed e o Departamento de Tesouro dos EUA devem divulgar os resultados dos chamados "testes de estresse" das 19 principais instituições financeiras dos EUA.

Bernanke afirmou que estes testes - que irão avaliar as necessidades de capital das instituições - mostrarão quais são as "reais posições financeiras" dessas empresas.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host