! Culpado por fraude de US$ 65 bi pega 150 anos de prisão nos EUA - 29/06/2009 - BBC Brasil
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

29/06/2009 - 14h00

Culpado por fraude de US$ 65 bi pega 150 anos de prisão nos EUA

O financista americano Bernard Madoff foi condenado nesta segunda-feira nos Estados Unidos a 150 anos de prisão por uma fraude no valor de US$ 65 bilhões (cerca de R$ 127 bilhões), a maior na história americana.

A sentença de prisão determinada pelo juiz Denny Chin é a maior possível para os crimes de que o financista era acusado. Madoff foi considerado culpado de 11 acusações, entre elas fraude e lavagem de dinheiro, e a defesa pedia pena de 12 anos de prisão.

A pena foi anunciada após o tribunal ouvir depoimentos emocionados de várias vítimas do golpe elaborado por Madoff. O financista estava à frente de um esquema de pirâmide em que os investidores mais antigos eram pagos com o dinheiro depositado por novos clientes.

Alguns dos maiores investidores do mundo e muitos bancos foram vítimas da fraude organizada pelo ex-presidente da bolsa de valores Nasdaq, uma figura conhecida de Wall Street há mais de 40 anos.

No entanto, nem todas as vítimas de Madoff pertenciam à elite. Professores, fazendeiros e mecânicos também estão entre os que perderam suas economias com o esquema.

Desculpas O financista foi preso em dezembro do ano passado e, em março, declarou-se culpado das 11 acusações.

Antes de ouvir sua sentença, Madoff, de 71 anos, pediu desculpas pelo "legado de vergonha" que ele trouxe para sua família e para o mercado financeiro.

Madoff olhou diretamente para algumas de suas vítimas presentes no tribunal e pediu desculpas.

Algumas das vítimas que perderam todo o dinheiro que tinham caíram em prantos durante os depoimentos.

Quando a sentença foi proferida, aplausos e gritos foram ouvidos no tribunal.

Segundo a correspondente da BBC nos Estados Unidos Michelle Fleury, se esperava que o financista fosse condenado a uma sentença menor. Fleury disse que, apesar de as vítimas estarem felizes com a decisão, a condenação de Madoff não resolve todos os seus problemas, já que ainda precisam recuperar o dinheiro que perderam.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host