! Fed mantém juros e diz que pior da recessão já passou - 12/08/2009 - BBC Brasil
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

12/08/2009 - 18h59

Fed mantém juros e diz que pior da recessão já passou

O Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) decidiu, nesta quarta-feira, manter as taxas atuais de juros - entre zero e 0,25 ponto percentual - e disse que o pior da recessão já passou.

O banco central americano reforçou que as taxas devem continuar baixas "por um longo período" para ajudar na recuperação da economia.

Segundo o FED, a "atividade econômica deve permanecer fraca por algum tempo", mas "começa a dar sinais de estabilização".

O correspondente da BBC em Nova York Greg Wood afirma que há dois meses, o FED declarou que atividade econômica continuaria a cair, mas em ritmo lento.

A diferença da declaração desta quarta-feira, segundo ele, é que o banco central observou um equilíbrio na atividade, o que significa que a situação não está piorando.

Atividade Dados divulgados nesta quarta-feira indicam ainda que as exportações registraram um aumento de 2% para US$125,8 bilhões em junho - um sinal de que o setor manufatureiro estaria se recuperando.

Os dados revelam ainda que, apesar do aumento no nível de desemprego registrado em julho, os 247 mil cortes no mercado de trabalho foram menores do que o estimado por analistas.

O FED e o governo americano adotaram diversas medidas para ajudar a estimular a economia dos EUA desde o final de 2008.

Entre as principais está o pacote de estímulo de US$787 bilhões, assinado em fevereiro, e o pacote de US$ 700 bilhões aprovado em outubro do ano passado para ajudar o sistema bancário do país.

Em março, o FED anunciou um programa de US$1,2 trilhões para resgatar títulos de longo prazo do Tesouro americano.

As taxas de juros dos EUA foram cortadas para o nível atual em dezembro e permaneceram baixas desde então.

Antes disso, as taxas foram caindo constantemente desde a alta de 5,25% registrada em setembro de 2007.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host