! Porsche é investigada em inquérito sobre suposta manipulação das ações da Volks - 20/08/2009 - BBC Brasil
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

20/08/2009 - 15h32

Porsche é investigada em inquérito sobre suposta manipulação das ações da Volks

Promotores de Stuttgart, no sudoeste da Alemanha, entraram, nesta quinta-feira, no escritório da fabricante de carros de luxo alemã Porsche e apreenderam documentos para investigar uma suposta manipulação das ações da Volkswagen, dias depois de as duas empresas anunciarem detalhes de um acordo de fusão.

A investigação é dirigida contra o ex-CEO da Porsche Wendelin Wiedeking - sob cuja direção a empresa fez uma fracassada tentativa de controlar a Volks - e ao seu ex-diretor de finanças.


"Na manhã da quinta-feira, oficiais promotores de Stuttgart entraram nos escritórios da companhia munidos de mandados de busca", confirmou a Porsche, em um comunicado que deixa transparecer poucos detalhes da investigação.

"Os promotores suspeitam de que houve desrespeito aos requerimentos de informação pública e manipulação de mercado", diz o comunicado.

Ações
No ano passado, sob a batuta de Wiedeking, a Porsche tentou comprar uma participação de 75% na Volkswagen, o que lhe daria o direito de controlar a rival maior.

Na época, as ações da Volkswagen dispararam na Bolsa de Frankfurt e houve comentários de que a Porsche, como acionista da VW, foi uma grande beneficiária da corrida aos papéis da rival.

Por falta de dinheiro, a Porsche nunca chegou aos 75% de participação na Volks - embora já tenha chegado aos 51% - e acabou altamente endividada.

Na semana passada, as duas companhias anunciaram um acordo de fusão prevendo a união gradual das duas empresas até 2011. Pelo acordo, a Volks compraria inicialmente 42% da unidade de carros esportivos da Porsche até o final do ano.

Alguns dias depois, a Porsche anunciou um acordo com o governo do Catar para permitir a compra de 10% das ações ordinárias da Porsche SE, uma das empresas do grupo. Um segundo acordo daria ao governo do emirado direito de exercer opções em ações da Volks mantidas pela Porsche.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host