UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/02/2010 - 16h08

EUA revisam para cima PIB do quarto trimestre de 2009

A economia dos Estados Unidos cresceu a uma taxa anual de 5,9% nos últimos três meses de 2009, de acordo com informações revisadas e divulgadas nesta sexta-feira pelo governo americano.

A taxa é maior do que a primeira estimativa divulgada por órgãos oficiais americanos, que era de 5,7%.

Os números do Departamento de Comércio americano reforçam a avaliação de que a maior economia do mundo está saindo rapidamente da recessão.

De acordo com economistas, o aumento na taxa de crescimento se deve a um aumento na produção industrial, e não a um aumento dos gastos dos consumidores. A alta no último trimestre de 2009 do índice que mede o consumo foi revisada para baixo: de 2% para 1,7%.

A produção industrial aumentou para atender ao aumento da demanda dos estabelecimentos comerciais de todo o país - que haviam deixado os níveis dos estoques caírem.

O gasto de empresas com equipamentos e programas de computador, por exemplo, registrou um aumento de 18,2%, enquanto as exportações de produtos dos Estados Unidos cresceram 22,4% - o ritmo mais acelerado em 13 anos.

Ritmo rápido Apesar do ritmo rápido de recuperação da economia americana ter impressionado a muitos, alguns economistas demonstraram algum ceticismo em relação à possibilidade deste ritmo ser sustentável.

"Isso não muda nossa opinião de que o crescimento do Produto Interno Bruto vai manter um ritmo rápido na primeira metade deste ano, antes de desacelerar bastante no segundo semestre", afirma Paul Ashworth, economista da consultoria Capital Economics.

Uma recente queda do índice de confiança do consumidor e o desemprego com taxas altas persistentes também são causas de preocupação entre os economistas.

Em fevereiro, o índice de confiança do consumidor caiu para o índice mais baixo dos últimos dez meses. A taxa de desemprego permanece perto dos 10% e deve continuar alta pelo resto do ano, de acordo com o Federal Reserve (Fed), o Banco Central americano.

Hospedagem: UOL Host