UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/08/2010 - 08h14

Produção industrial na China atinge ritmo mais lento em 17 meses

A produção industrial continuou a desacelerar na China em julho, atingindo o ritmo mais lento em 17 meses, segundo dados divulgados neste domingo pelo governo chinês.

A agência de notícias oficial chinesa, Xinhua, informou que o índice que mede as compras dentro da atividade passou de 52,1 em junho para 51,2 em julho - um indicador acima de 50 representa expansão.

A última vez que o índice foi para baixo de 50 foi em fevereiro do ano passado, afirmou a Xinhua.

Os resultados correspondem com a iniciativa chinesa de resfriar a economia para evitar o superaquecimento e a possível formação de uma bolha no setor imobiliário.

Analistas dizem que a restrição do crédito para as empresas por parte do setor bancário está fazendo efeito.

Ao mesmo tempo, o governo tem reduzido as medidas de estímulo para projetos de construção civil e controlando o investimento em fábricas com alto consumo de energia e emissão de poluentes.

Os dados mais recentes sobre o crescimento chinês mostram que a economia se expandiu 10,3% no trimestre encerrado em junho.

Foi um crescimento menor que o de 11,9% alcançado no trimestre de janeiro a março, mas bastante acima dos 8% fixados como objetivo pelo governo.
Hospedagem: UOL Host