Bolsas

Câmbio

5 passos que o interessado em abrir franquia deve seguir

Filomena Garcia

Filomena Garcia

Colunista do UOL

Depois de estudar o mercado de franquias, entender seu perfil como empreendedor e encontrar um modelo de negócio que lhe interessa, o investidor ainda terá um pouco de trabalho pela frente. É nessa hora que ele deve entrar em contato com a empresa franqueadora e iniciar um processo seletivo – o franqueador passa a avaliá-lo, assim como ele também terá tempo de se certificar se aquela é a escolha certa.

Confira abaixo quais são passos que o candidato precisa percorrer até, enfim, assinar o contrato e se tornar o dono de uma franquia.

1. Reunião com a franqueadora

Marque uma reunião com a equipe de expansão da empresa franqueadora para que eles apresentem em detalhes o modelo de negócio, os suportes oferecidos aos franqueados e o plano de expansão da empresa. É a hora de tirar dúvidas técnicas e financeiras.

Esse é o momento de verificar se as suas expectativas são compatíveis com o que a marca oferece e entender se é possível abrir uma franquia da empresa na região de seu interesse – muitas marcas podem já ter franqueados ocupando aquela área.

2. Pedido de informações ao candidato

Caso você demonstre interesse em continuar no processo seletivo, a equipe de expansão da empresa franqueadora deve mandar uma ficha de qualificação para você preencher com seus dados pessoais e financeiros. Cabe a você levantar toda a documentação necessária e garantir que não haja qualquer restrição de crédito em seu nome.

3. Avaliação do candidato

Depois que entregar os documentos, a empresa avaliará você. A franqueadora verificará se você comprovadamente tem o capital necessário para abertura da franquia e se tem alguma restrição de crédito.

Também analisará seu histórico profissional e seu perfil comportamental, para saber se está de acordo com o perfil do franqueado que eles procuram – há franqueadoras, por exemplo, que só aceitam franqueados que tenham alguma experiência prévia em gestão.

Caso você tenha um ponto comercial disponível, a rede também analisará o imóvel e sua localização. Caso não tenha, a empresa pode buscar um ponto só depois que você assinar um pré-contrato.

4. Entrega da Circular de Oferta de Franquia (COF)

Caso a franqueadora aprove seu perfil, você deve receber a Circular de Oferta de Franquias (COF). Ao recebê-la, o investidor deve pedir a ajuda de um advogado para analisar o contrato e anotar as eventuais dúvidas para discutir com o franqueador. Por lei, você tem ao menos dez dias de prazo para avaliar a COF.

Na Circular de Oferta de Franquias, também constam alguns telefones de franqueados que estão na rede e outros que já fecharam ou repassaram suas lojas. Converse com eles e tente descobrir se a franqueadora realmente entrega o que promete.

5. Assinatura do contrato

Faça uma reunião final com o franqueador. Neste dia, você e ele tirarão as dúvidas que restarem. Caso você seja aprovado pelo franqueador e também confirme sua intenção de ingressar na rede, chegou a hora de assinar o contrato. 

Filomena Garcia

Sócia-diretora da Franchise Store, é especialista em marketing e atua há 20 anos nas áreas de negócios, varejo e Franchising. Co-autora dos livros "Franchising - Uma estratégia para expansão de negócios e "Marketing para Franquias".

UOL Cursos Online

Todos os cursos